Nódulo de tireoide: existe nódulo líquido e nódulo sólido?




A glândula tireoide pode ser acometida por algumas lesões que alteram sua superfície, seu interior e seu tamanho.


Podemos ter uma alteração difusa em toda tireoide que normalmente é causada por inflamações ou infecções que são as tireoidites, ou pela falta de iodo, rara na nossa realidade atual. Os nódulos são lesões focais, ou seja, alterações em parte da glândula, sem que o restante da glândula esteja necessariamente alterado. Tanto que a maioria das pessoas que tem nódulo mantém o funcionamento normal da tireoide.

Os nódulos podem ser císticos, quando tem conteúdo líquido, sólidos quando não tem líquido no interior ou sólido císticos ou mistos, que representam a maioria dos nódulos na tireoide.


Os nódulos sólidos devem ser investigados de acordo com as características de cada paciente, tamanho e características no ultrassom. Normalmente quando temos o diagnóstico de malignidade a lesão é um nódulo predominantemente sólido.


Podem ocorrer também nódulos mistos, formados por uma parte de tecido sólido e outra de líquido.


No caso do cisto, normalmente ele é preenchido por um líquido chamado de coloide, que é parecido com uma gelatina líquida formada por substâncias que participam da formação dos hormônios tireoidianos.


Do ponto de vista de investigação de acordo com o tamanho e as características de cada um no ultrassom eles deverão ser puncionados.

Normalmente é a punção que determina a necessidade da cirurgia.


Por isso algumas vezes vemos o termo nódulo cístico ou sólido, que nada mais são do que cistos e nódulos propriamente ditos.


#drbertelli#tireoide #nodulodetireoide #toetva #cancerdetireoide #cancerdecabecaepescoco

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo