Ablação de nódulos de tireoide


A ablação de nódulos de tireoide é indicada como forma de tratamento para nódulos grandes de tireoide sabidamente benignos.


Em um procedimento guiado por ultrassom, os nódulos são aquecidos com o uso de radiofrequência, o que reduz o volume do nódulo, em cerca de 80%, até seis meses após o procedimento (efeito progressivo).


Relativamente simples, é realizado com sedação ou anestesia local, em hospital, e leva em torno de trinta minutos.


Entre as principais vantagens desta técnica, temos:


Procedimento minimamente invasivo e sem cicatriz: não há necessidade de cortes. É realizado através de uma agulha, que guiada pelo ultrassom, localiza o nódulo e as estruturas ao redor;


Anestesia local + sedação: ao contrário da cirurgia tradicional, que utiliza anestesia geral, esse tipo de procedimento pode ser realizado com anestesia local associada ou não à sedação, para maior conforto. Além disso, os pacientes não precisam ficar internados, podendo voltar para a casa algumas horas após o procedimento;


O paciente não precisa tomar hormônios já que a ablação preserva a função da glândula tireoide


A ablação de nódulos de tireoide também pode ser utilizada em nódulos benignos funcionastes - que liberam hormônios, como na Doença de Plummer, em que os pacientes costumam apresentar hipertireoidismo. Com a ablação, esse problema pode ser corrigido e o paciente pode deixar de tomar remédios.


Vale ressaltar que a correta indicação de quais casos podem ser realizados através da ablação, deve ser feita pelo médico especialista, após investigação e diagnóstico junto ao paciente. Nódulos com características malignas, na grande maioria das vezes, têm indicação cirúrgica.


#drbertelli#tireoide #nodulodetireoide #cancerdecabecaepescoco #cirurgiadecabecaepescoco #cancerdetireoide

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo