top of page

Cirurgia robótica nas lesões de orofaringe

Não podemos negar as vantagens da cirurgia robótica transoral (TORS) para a remoção de tumores da orofaringe e supraglote, ou seja, da garganta.



Lembrando que o braço do robô é inserido de maneira estratégica através da boca do paciente, enquanto o médico controla o aparelho com precisão para a remoção do tumor com as margens necessárias.



Tem como principal vantagem permitir que o cirurgião obtenha acesso, através da boca, a áreas que suas mãos e visão direta provavelmente não poderiam alcançar, evitando os acessos mais complicados e agressivos.



Além disso, minimizam as sequelas pós-operatórias, garantindo uma recuperação mais rápida para o paciente. Mas, a técnica só deve ser realizada por um cirurgião qualificado e treinado e, somente, em casos bem selecionados.



Como dizemos na medicina: “cada caso é um caso”, e as vezes pequenos detalhes podem modificar completamente a estratégia de tratamento.



5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page